Itaka Escolapios Itaka Escolapios

Pessoas e grupos de diferentes culturas vivem em uma mesma sociedade. A interculturalidade vai além da mera convivência entre eles: para que seja verdadeiramente intercultural, essas pessoas ou grupos devem se inter-relacionar de forma horizontal e equitativa e estar conscientes de sua interdependência. Uma convivência intercultural implica um esforço de aprendizagem recíproca, um contexto de igualdade e tolerância, normas sociais comuns de convivência e mecanismos de resolução de conflitos, pois a convivência não implica a ausência de conflito, mas sim ter ferramentas para assumi-los e transformá-los.

Busqueda Avanzada

Semana do mundo

Objetivos:

  • Aumentar a consciência dos estudantes sobre o respeito à diversidade de culturas presentes no mundo. 
  • Comparar culturas procurando semelhanças e valorizando as diferenças.
  • Mostrar como a diversidade cultural nos enriquece. 
  • Tornar os alunos maiores, do centro educativo, responsáveis pelo trabalho educacional e pela sensibilização sobre a campanha escolápia de solidariedade.

3,2,1 metáfora solidariedade

Objetivos:

  • Refletir sobre o conceito de solidariedade.
  • Trabalhar sobre a relação entre empatia e solidariedade.
  • Criar propostas de mudança ao ambiente.
  • Ter consciência de nossa responsabilidade com a mudança necessária.

Quadros cooperativos

Objetivos:

  • Refletir sobre os mecanismos de cooperação em grupo.
  • Compreender que a cooperação ajuda a encontrar soluções.
  • Compreender que competir ou não cooperar atrasa ou impede soluções.

Nos une mais do que nos separa

Objetivos:

Trabalhar contra preconceitos e rótulos sociais, gerar uma visão construtiva sobre a diversidade social e eliminar predisposições pessoais negativas em relação à diferença.

Tudo é inventado

Objetivos:

  • Aproximar-se das pessoas e das contribuições de outros países
  • Quebrar os estereótipos negativos de outras nacionalidades e procurar contribuições
  • Compreender que vivemos em um mundo globalizado e intercultural no qual todos podem colaborar e são importantes, sem lugar a preconceitos